// Notícias
ACERTE NA ESCOLHA DO SEU TENIS DE CORRIDA

Depois de treinar, uma das coisas preferidas na vida de quem corre é comprar acessórios esportivos – tênis, principalmente. O problema é que os modelos atuais, cada vez mais coloridos e tecnológicos, deixam muita gente confusa, sobretudo quem está dando os primeiros passos na modalidade e não sabe muito sobre os pré-requisitos do calçado para ter segurança e desempenho.

De acordo com Rodrigo Lobo, diretor técnico da Lobo Assessoria Esportiva, de São Bernardo do Campo, São Paulo, existem alguns pontos que precisam ser levados em consideração. “Primeiro, é importante definir a finalidade do tênis – para distâncias curtas, longas, trilha ou triathlon, por exemplo”, diz. “Depois, é preciso considerar características físicas do corredor – se está ou não com sobrepeso, o tipo da pisada e até o histórico de lesões.”

Qual é a sua pisada?

Diversas lojas de artigos esportivos disponibilizam grátis o teste (feito em uma esteira própria) para identificar se você é pronador, supinador ou neutro, de acordo com seu padrão de aterrissagem a cada passada. Algumas clínicas de fisioterapia esportiva também oferecem o serviço.

pisada-pronada

 

Pronada
Caracteriza-se por uma rotação interna excessiva (pisada para dentro) a partir do momento em que o pé toca o chão. Com a repetição, isso pode sobrecarregar joelhos, quadris e coluna, além de levar a desperdício de energia. Pede um tênis com mais controle de movimento.

 

pisada-supinada

 

Supinada
É o oposto da pisada pronada: o primeiro toque do pé no chão se dá com a parte externa (pisada para fora). Também pode desencadear lesão e gasto desnecessário de energia. A característica principal do tênis deve ser bom amortecimento.

 

 

pisada-neutra

 

Neutra
É o tipo de pisada que favorece uma boa distribuição de carga no aparelho locomotor, evitando rotações de tornozelo, desconforto e lesões. O toque inicial no solo é com a base do calcanhar e a saída do pé se dá com a parte interna dianteira (hálux ou dedão do pé). O tênis deve ter mais estabilidade.

 

Sem erro na hora da compra

Nesse momento, procure vencer a tentação de levar o modelo mais bonito ou o mais barato da loja. Observe as características já citadas e preste atenção também ao seguinte:

  • Verifique se o tênis possui muitas costuras, que podem incomodar durante a corrida e, com o movimento repetido, provocar bolhas e até cortes na pele.
  • O peso também conta – se for muito pesado, pode dificultar o movimento e prejudicar o desempenho. Os muito leves não costumam ser indicados para quem está com quilos a mais.
  • Leve para casa um modelo um número maior do que você calça normalmente. Durante o exercício, os pés dilatam e se movimentam para frente dentro do tênis, o que pode causar desconforto, atrito no calcanhar e nos dedos e a formação de bolhas.
  • Não se deixe levar pela moda, pelo último lançamento da sua marca favorita, pela aparência do tênis ou pelo preço (o mais caro não necessariamente é o melhor) – um estudo feito pelo Run Repeat comprova isso. Pesquise marcas e modelos diferentes com características semelhantes e não tenha preconceito com verões anteriores de determinados modelos (além de continuarem eficientes, podem ser mais baratos).
  • Esqueça a vergonha na hora de calçar o tênis na loja e dar pequenos trotes para checar conforto, estabilidade e absorção de impacto.
  • Procure ter mais de um modelo e revezá-los em seus treinos semanais – dê pelo menos 24 horas de folga para cada um. “Isso vai dar tempo suficiente para que o material responsável pelo amortecimento retorne à forma original e que a umidade por causa da transpiração evapore, evitando a proliferação de bactérias e fungos”, sugere Rodrigo. “Mas tome cuidado para não alternar calçados com características muito diferentes, ou o aparelho locomotor não consegue se adaptar de modo uniforme e você abre espaço para lesões e queda de rendimento”, finaliza.

RAIO-X DO TÊNIS

“É importante conhecer as estruturas que compõem o tênis para determinar se ele é bem construído e atende às suas necessidades”, avisa Rodrigo. Na imagem abaixo, conheça um pouco mais sobre o tênis de corrida:

tenis-escolha-partes

 

FONTE: SUA CORRIDA

// Outras Notícias
// Circuito da Lua / 82 3235.4054 / 82 9992.6539 / contato@circuitodalua.com